Ritual

Conversas ao Pé da Fogueira

Como espelho dessas tradições ancestrais, retomamos a fogueira e as memória que animam a nossa cultura viva. Confira

Serão da Grande Lua

 

Encontros entre tearteiros e convidadados em torno da ancestralidade. Sob à luz da fogueira, as conversas sobre temas diversos relacionados a cultura popular e as questões ambientais são formas de ascender as bases culturais que nos constitui.

Em algumas culturas, é costume sentar à sombra das árvores, ou em volta de uma fogueira, para contar e ouvir história. Regados com manifestações artísticas e culinárias, os encontros afirmam a vivacidade de nossas tradições não só pela memória oral ou escrita, mas pela memória posta em prática. Mestres da cultura tradicional com representantes indígenas (Thyni-á Fulniô), quilombolas (Caixeiras do Divino) e o Djéli Toumani Koyatè de Burkina Faso já aqueceram nosso encontro com pensamentos e partilha de saberes.

Nessas rodas, aprendemos com a tradição a olhar no olho do outro, repassar valores e estabelecer acordos, são nesses encontros que escutamos as palavras, que levantamos hipóteses, que criamos conceitos, que desafiamos os pensamentos, que desconstruímos estereótipos, que conhecemos o jeito do outro pensar e agir, e que nos revelamos enquanto sujeitos.

só flores

Para maiores informações entre em contato ou faça uma visita ao Instituto de Arte Tear

Nosso endereço é :  Rua Pereira Nunes, n° 138 Bairro Tijuca Rio de Janeiro- RJ  CEP: 20540132

E mail: tear@institutotear.org.br
Telefones de contato: (21) 32383690