mel

Diário do Quintal – Chá de Aroeira

Nos fundos da casa que habita o Tear, é guardado um espaço de cultivo de si e da terra, onde o encantamento da brincadeira faz brotar universos.

mel

22/04/2015

Hoje viemos falar sobre mais uma árvore querida do nosso quintal: a Aroeira ou Schinus terebinthifolius.

Ela carrega muitas histórias e usos, seus frutos, folhas e cascas são empregados na medicina popular para tratamentos diversos, então com certeza voltaremos a falar sobre ela por aqui. Por ora venho contar sobre o chá que fiz da sua casca.

O inverno está chegando e com ele muitas pessoas acabam ficando com a garganta inflamada. Esta estação também é boa para realizar a poda nas árvores frutíferas, para que cresçam melhor e dêem bons frutos nas estações seguintes. Então, resolvi unir o útil ao saudável, e após uma pequena poda na Aroeira utilizei a parte interna de sua casca para preparar um chá anti-inflamatório.

Este chá vermelho é repleto de substâncias fitoterápicas, pode ser utilizado em gargarejos, bochechos, compressas para tratamento tópico de ferimentos de pele ou mucosas inflamada ou infectadas, como gengivas e garganta. Este remédio dura até um ano na geladeira.

Preservar a biodiversidade é também manter uma farmácia viva.

Um abraço do Verdolaga, o jardineiro.

Esse post foi publicado originalmente na nossa página do facebook: https://www.facebook.com/institutotear

navegue no astrolábio